O Arquiteto.

O Arquiteto tem papel fundamental no projeto e execução de projetos residenciais, comerciais e urbanos. Sua formação é através de cursos ou faculdades de Arquitetura e Urbanismo que tem  duração de 5 anos, além de contar também com pós graduação e doutorado.

O trabalho do arquiteto pode se iniciar já na escolha do terreno para a implantação do projeto, com parecer sobre localização, legislações edílicas e urbanas, aspectos ambientais e topográficos, entre outras, que possibilitem analises preliminares de viabilidade do projeto.

As principais atividades do arquiteto é muito extensa, dependendo do objetivo, o arquiteto executa:

  • Estudo e planejamento de projetos;
  • Execução de desenho técnico;
  • Elaboração de orçamento;
  • Condução de equipe de instalação, montagem , operação, reparo ou manutenção;
  • Direção de obra e serviço técnico, vistoria, perícia , avaliação, arbitramento , laudo e parecer técnico;
  • Supervisão, coordenação e orientação técnica;

 Existe também uma sequencia de montagem de programa a ser desenvolvido juntamente com o cliente, e o estudo da legislação incidente no terreno e na edificação. Com esses dados e o terreno definido, inicia-se o projeto em etapas:

  • Estudo Preliminar: Estudo do problema para determinar a viabilidade de um programa e do partido a ser adotado.
  • Anteprojeto ou Projeto Pré Executivo: Definição do partido adotado, da concepção estrutural e instalações em geral.
  • Projeto Legal: Desenhos e textos exigidos por leis, na qual o projeto legal deve ser submetido para análise e aprovação pelos órgãos públicos.
  • Projeto Básico (opcional): Solução intermediário do Projeto Executivo final, contém representação e informações técnicas de edificação que possibilitem uma avaliação de custo, já compatibilizadas com os projetos das demais atividades projetuais complementares.
  • Projeto Executivo Final: Solução definitiva do Anteprojeto representada em plantas, elevações , cortes e memoriais do que constitui a obra: determinação da distribuição dos elementos do sistema estrutural e dos pontos de distribuição das redes hidráulicas, sanitárias, telefônicas, ar condicionado, elevadores e de informática.
  • Coordenação:  Orientação geral dos cálculos complementares ao projeto arquitetônico tais como: calculo de estrutura, das instalações hidráulicas, elétricas e sanitárias, das instalações elétricas, telefônicas e de informática, caberão sempre ao arquiteto o qual, a seu critério, poderá indicar profissionais legalmente habilitados para execução.

   O Arquiteto também pode dar sequência logo após a obra executada, que é o desenvolvimento do projeto de interiores que, de acordo com a preferência e necessidade do cliente, executa toda parte do mobiliário, da compra do material até a finalização da obra, cuidando da  iluminação e paisagismo do ambiente,chegando assim ao objetivo final do projeto.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s