Faça sua adesão aos planos de saúde do CAU/BR, sem carência até 25 de fevereiro

São cinco opções de seguradoras, com cobertura em todo o território nacional e condições especiais para os profissionais em dia com as anuidades.

 

A partir de agora, os 108 mil arquitetos e urbanistas têm condições especiais na contratação de planos de saúde e odontológicos, com cobertura em todo o Brasil. Profissionais com as anuidades em dia poderão escolher entre cinco opções de planos, com preços especiais e sem prazos de carência para quem aderir até o dia 25 de fevereiro, podendo requisitar os atendimento a partir de 1º de março. Dessa forma, os arquitetos e urbanistas ganham mais opções na hora de contratar seu plano de saúde em todo o Brasil, além daquelas já oferecidas por entidades de Arquitetura e Urbanismo em alguns estados.

 Faça já seu orçamento pelo telefone 0800-254-2622 ou pelo site  www.aliancaadm.com.br/caubr

A oferta do plano de saúde para arquitetos e urbanistas foi aprovada na 9ª Reunião Plenária do CAU/BR em agosto de 2012. Em um processo de concorrência pública, a Aliança Administradora apresentou as melhores condições e foi contratada pelo CAU/BR para prestar o serviços aos profissionais e seus dependentes. O Conselho não receberá quaisquer vantagens ou honorários advindos do contrato. “Trata-se de uma demanda que existe desde o início do Conselho. Exigimos as melhores condições possíveis para a contratação. A Comissão de Organização e Administração e a Comissão de Planejamento e Finanças negociaram muito para que os arquitetos recebessem as melhores opções de preço, serviço e atendimento”, afirma o presidente do CAU/BR, Haroldo Pinheiro.

 

“A negociação visava todo o território nacional e foi pautada na seriedade, no profissionalismo, imparcialidade e competitividade. Todos os parâmetros de avaliação foram apresentados às empresas licitantes, de modo que apresentassem suas propostas padronizadas e aderentes à expectativa do Conselho”, afirma o coordenador da Comissão de Planejamento e Finanças, Roberto Simon. 

 

Veja abaixo os planos inicialmente oferecidos*.

Planos de Saúde:        

• Sul América

• Unimed Norte e Nordeste

• Unimed Paulistana

Planos Odontológicos:

• Odontogroup

• Sul América Odonto

 Mas atenção: para aderir aos planos, o profissional terá que comprovar estar em dia com o CAU/BR, apresentando a Certidão de Registro e Quitação de Pessoa Física (CRQ), que pode ser retirada gratuitamente no SICCAU.

 *A Aliança Administradora seguirá buscando planos adicionais com outras operadoras para obter as melhores condições por região.

 

Anúncios

Expo Revestir

Acontecerá no mês de março a Expo Revestir, evento que reuni Arquitetos, Engenheiros, Construtores, Designers de Interiores, Revendedores, Marmoristas e Comercio Internacional.

Considerada como a Fashion Week da Arquitetura e Construção, a Expo Revestir 2014 abordará assuntos como Cerâmicas, Louças Sanitárias, Metais, Rochas Ornamentais, Cimentícios, Laminados, Vítreos, Madeiras, Mosaicos, Máquinas, Insumos e Soluções Especiais.

A maior feira de soluções e acabamentos da América Latina, vai acontecer no Transamerica Expo Center, entre os dias 11 e 14 de maço, das 10h às 19h.

Haja conteúdo heim!! Então não percam tempo e seja um credenciado, você pode se inscrever no site http://www.exporevestir.com.br/2014/Default.aspx.

XX CONGRESSO BRASILEIRO DE ARQUITETURA

De 22/04/2014 a 25/04/2014

Os Congressos Brasileiros de Arquitetos constituem uma importante tradição na arquitetura brasileira. Conformam a única série de eventos no país que se propõe reunir os arquitetos em geral, sem discriminação regional ou de especialidades profissionais.

 O momento pelo qual o país passa é por demais auspicioso, haja vista a reorganização do exercício profissional, com a criação e a exitosa instalação do Conselho de Arquitetura e Urbanismo. Partindo desta reflexão, o IAB – Departamento do Ceará, autorizado pelo Conselho Superior do IAB, assumiu a tarefa de promover a vigésima edição do Congresso Brasileiro de Arquitetos – XX CBA, que acontecerá no Centro de Eventos do Ceará, em Fortaleza, entre os dias 22 e 25 de abril de 2014.

 O desafio que o IAB visa atender e ultrapassar juntamente com o CAU/BR é que o Congresso mantenha o caráter reflexivo tradicional sobre a produção, a formação e o ambiente urbano, mas em que também se aborde questões vinculadas ao perfil dos profissionais, ao controle corporativo das atividades e atribuições, às perspectivas dos campos de trabalho e às inovações tecnológicas. Um XX CBA que atenda assim às demandas profissionais de uma nova era, em que a arquitetura e urbanismo têm um papel decisivo no delinear de um futuro para o País.

Site: www.xxcba.com.br

Conselho destaca aumento no número de registros de obras e serviços na área de Arquitetura e Urbanismo

De acordo com o relatório do Sistema de Informação e Comunicação do Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Amapá (SICCAU/AP) houve um significativo aumento no número de Registro Responsabilidade Técnica (RRT) no ano de 2013 em relação ao ano de 2012. Entre janeiro a dezembro de 2012, foram contabilizados 1.850 RRT´s. Em 2013, de janeiro à 17 de dezembro, foram 2.734, configurando um aumento de 884 novos registros.

José Alberto Tostes, presidente do Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Amapá (CAU/AP), afirma que todos os profissionais e empresas que atuam na área de Arquitetura e Urbanismo estão sujeitos à obrigatoriedade do registro das atividades de elaboração de projetos, execução de obras e demais serviços desta área, conforme define a Resolução 17 da Lei 12.378/10 do CAU/BR.

A Importância do Registro De Responsabilidade Técnica – “O RRT define quem são os responsáveis pelos serviços técnicos e pelas atividades de Arquitetura e Urbanismo realizadas. Estas atividades são fiscalizadas pelos conselhos de Arquitetura e Urbanismo estaduais (CAU’s/UF) que devem notificar e autuar em caso de ausência do RRT nos serviços fiscalizados”, diz presidente.

Segundo artigo 8 da resolução 17, a falta do Registro de Responsabilidade Técnica sujeitará o profissional ou a pessoa jurídica, sem prejuízo da responsabilização pessoal pela violação ética e da obrigatoriedade da paralisação do trabalho até a regularização da situação, a multa equivalente é de 300% do valor da taxa do RRT não paga e corrigida.

Toste , explica ainda que o RRT é válido a partir do pagamento da taxa de emissão e deve constar as assinaturas do profissional e do contratante, sendo estes critérios exigidos em órgãos públicos de análise e liberação de alvarás de construção, podendo acarretar em demora ou paralisação do processo se caso um destes itens não for atendido.

Empresas e Profissionais registrados – De acordo com o relatório SICCAU/AP, foram registradas 95 empresas da área de Arquitetura e Urbanismo no ano de 2013. Quanto ao número de profissionais registrados em 2012, entre janeiro a 31 de dezembro, foram anotados 63 novos profissionais, em 2013, foram 46.

Cobranças indevidas do CREA-SP não devem ser pagas

O CAU/SP comunica a todos os arquitetos e urbanistas do estado de São Paulo, bem como as empresas puras de arquitetura e urbanismo, que receberam ou venham a receber cobranças de anuidades por parte do antigo Conselho – o CREA-SP – que NÃO efetuem o pagamento e enviem ao CAU/SP os respectivos boletos, através do e-mail: atendimento@causp.gov.br.

“A cobrança é irregular e indevida e, portanto, não deve ser paga. Essa é a orientação do CAU/SP a todos os profissionais e empresas do estado”, informa o Presidente do CAU/SP, Afonso Celso Bueno Monteiro. Ele ressalta ainda que as medidas jurídicas cabíveis já foram tomadas na intenção de impedir que tais ações se repitam.

O CAU/SP entrou com uma representação para o Ministério Público apontando a absoluta ilegalidade da cobrança e exigindo que se apurem as responsabilidades do CREA-SP. Os boletos emitidos indevidamente pelo antigo conselho e enviados ao CAU/SP servirão para reforçar ainda mais a prova sobre as cobranças ilegais.

Anuidade 2014 tem desconto para pagamento à vista e parcelamento maior

Desconto de 10% vale para pagamentos feitos até 31 de janeiro. Atendendo a requisições dos arquitetos, prazo para parcelamento aumentou de três para cinco meses

Arquitetos e urbanistas já poderão pagar as anuidades de 2014 a partir do dia 1º de janeiro. Acessando o Sistema de Informação e Comunicação do CAU (SICCAU), os profissionais e empresas do ramo podem optar por fazer o pagamento em parcela única com 10% de desconto até 31 de janeiro. Ou parcelar o valor integral em até cinco vezes, com vencimentos a partir de 31 de janeiro e prazo final em 31 de maio. Os recursos das anuidades e taxas, previstas em lei se revertem em ações e atividades em benefício do aperfeiçoamento do exercício da profissão.

 

A anuidade de 2014 é de R$ 413,21. O valor é determinado pela Lei 12.378 de 2010, com correção pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC). O aumento do número de parcelas possíveis (de três para cinco) deu-se em atendimento à solicitação de muitos arquitetos que queriam um prazo maior para quitar a anuidade. As requisições foram recebidas e analisadas pela Ouvidoria do CAU/BR. Alguns profissionais têm direito a descontos, a saber:

 

a) 50% para arquitetos e urbanistas com até dois anos de formados;

 

b) 50% para arquitetos e urbanistas com mais de 30 anos de formados.

 

c) 90% para arquitetos e urbanistas que, até a data da publicação da Lei n° 12.378, de 31 de dezembro de 2010,tenham completado 35 anos de contribuição aos então Conselhos Regionais de Engenharia, Arquitetura e Agronomia (CREA), mas apenas para pagamento em parcela única até 31 de janeiro. 

 

Profissionais que já completaram 40 anos de contribuição (considerando as anuidades pagas ao antigo conselho) estão isentos do pagamento de anuidade. “É muito importante que os arquitetos estejam atentos ao cumprimento de suas obrigações, de modo que o CAU possa também atendê-los, na forma de serviços mais ágeis e modernos, fiscalização do exercício profissional e valorização da profissão junto aos governos e à sociedade”, afirma o presidente do CAU/BR, Haroldo Pinheiro. “Neste ano trouxemos a possibilidade do parcelamento em cinco vezes, com o objetivo de proporcionar mais facilidades aos arquitetos de todo o Brasil”.

 

Para o pagamento da anuidade de 2014, arquitetos e urbanistas e os responsáveis pelas empresas deverão acessar o SICCAU até 31 de janeiro para retirar os boletos. Anuidades em atraso terão seu valor acrescido de juros calculados com base na taxa Selic (definida pelo Banco Central) mais multa, que pode variar de 2% até 20%.

 

Em caso de dúvidas, ligue para nossa Central de Atendimento no telefone 0800-883-0113.