Santuário Nacional terá campanário desenhado por Oscar Niemeyer

Projeto está entre os últimos de autoria do arquiteto que morreu em 2012.
Inauguração está prevista para outubro de 2016.

Santuário Nacional terá campanário desenhado por Oscar Niemeyer (Foto: Divulgação/Santuário Nacional)

Um dos últimos projetos do arquiteto Oscar Niemeyer, que morreu em 2012, irá compor o Santuário Nacional de Aparecida (SP) a partir de 2016. A entrega da obra, um campanário com 13 sinos e 37,5 metros de altura, abrirá o jubileu em comemoração ao tricentenário do encontro de Nossa Senhora Aparecida no Rio Paraíba – celebrado em 2017.

Toda a obra do campanário custará aproximadamente R$ 6,8 milhões e o projeto executivo está sendo tocado pelo escritório da família do arquiteto. Somente os sinos, que já estão sendo confeccionados na Holanda, vão custar R$ 1,3 milhão.

“Nós queríamos completar o conjunto arquitetônico do Santuário com uma pessoa de renome. Apesar do Niemeyer ter formação ateia, ele fez muitas igrejas e tinha uma espiritualidade muito grande. Quando levamos o projeto, ele acolheu com muito carinho”, afirmou o bispo auxiliar de Aparecida, Dom Darci Nicioli.

O campanário ficará entre a Capela das Velas e a Passarela da Fé, onde atualmente há um jardim no Santuário. “A grande torre que temos atualmente não é um campanário, é eletrônica, o que não achamos digno para uma Igreja clássica”, afirmou Dom Darci.
Os sinos que vão integrar o campanário serão de tamanhos diferentes. O menor terá 56 centímetros e pesará 162 kg. Já o maior, que deve ficar no ponto mais alto do monumento, terá 1,51 metros de altura e pesará mais de duas toneladas.  Um sistema eletromagnético também permitirá que os sinos toquem melodias clássicas.

“Os sinos serão dedicados a cada um dos 12 apóstolos e um outro será dedicado a Maria e José. Eles também receberão os nomes de bispos e papas que tiveram relação com o Santuário e da família dos devotos”, disse o cardeal.

Mosaico
Além do campanário, um mosaico no teto da cúpula da Basílica também deve integrar as comemorações ao tricentenário do encontro da Padroeira. Desde 2013, a extensão da cúpula está sendo coberta por aproximadamente cinco milhões de pastilhas de vidro fabricadas em Veneza, na Itália. As peças formarão o desenho da árvore da vida acompanhada de uma cruz de aço com a imagem do Espírito Santo ao centro. A obra tem previsão para ser encerrada até o início de 2017.

Fonte: G1

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s